Geralmente, a obesidade encontra-se associada a diversas outras doenças e também a complicações decorrentes da mesma. Veja a relação ao lado.

  • Cardiovasculares: Hipertensão Arterial (Pressão Alta), Aterosclerose, Insuficiência Cardíaca
  • MetabólicasDiabetes Tipo 2, Dislipidemia, Àcido úrico elevado – Gota,
  • Digestivas: Hérnia Hiatal, Pancreatite, Hepatite não Alcóolica (gordura no fígado), Pedra na Vesícula (litíase biliar)
  • Respiratórias: Apnéia do Sono
  • Osteoarticulares: Artrose
  • CirculatóriasVarizes, Trombose Venosa Profunda, Embolia Pulmonar
  • Oncológicas (Câncer): Câncer de Endométrio, Câncer de Mama, Câncer de Esôfago, Câncer de Intestino Grosso e Reto.
  • Genito-UrináriasAlterações Menstruais, Diminuição da Fertilidade (capacidade de ter filhos), Síndrome do Ovário Policístico, Incontinência Urinária
  • PsiquiátricasDepressão, Ansiedade, Distúrbios Comportamentais.

 

Indicação para Cirurgia Bariátrica: Ter Índice de Massa Corporal (IMC) igual ou maior que 40kg/m², ou IMC maior que 35kg/m² e com, pelo menos, uma das doenças associadas. Comprovar histórico de pelo menos 5 anos de obesidade e falha no tratamento clínico nos últimos 2 anos. Pacientes com doenças psiquiátricas graves e naqueles com uso abusivo de drogas ilícitas ou álcool a cirurgia é contra-indicada.Incluir calculadora IMC.

Os tratamentos devem ter o acompanhamento de uma equipe multidisciplinar.

agende uma consulta

Benefícios da Cirurgia Bariátrica

  • Perda de Peso

    Perda de Peso

  • Controle de Doenças Associadas

    Controle de Doenças Associadas

  • Melhor Qualidade de Vida

    Melhor Qualidade de Vida

  • Bypass Gástrico
  • Gastrectomia Vertical (Sleeve)
  • Cirurgia Metabólica
  • Pré e Pós Operatório

Bypass Gástrico

É a técnica de escolha para os pacientes com Diabetes. Consiste na redução do estômago em um pequeno reservatório (pouch), associada a um desvio no intestino, excluindo a passagem do alimento pela primeira porção do intestino delgado, chamada duodeno. Através dessa técnica, temos observados excelentes resultados tanto do ponto de vista de perda de peso, como de manutenção do peso perdido à longo prazo. É realizada por videolaparoscopia, de forma muito segura, permitindo um curto período de internação (média de 48h) e um retorno às atividades regulares em 30 dias. Clique aqui e veja um vídeo ilustrativo. 

Vantagens do Bypass

  • Excelente resultado para controle do Diabetes, da Hipertensão e da Dislipidemia.
  • Perda de peso prolongada e duradoura

Desvantagem do Bypass

  • Necessita de uso contínuo de vitaminas e suplementos
  • Possibilidade de Dumping (intolerância a doces).

Gastrectomia Vertical ou Sleeve

Esse procedimento já representa mais de 50% das cirurgias bariátricas realizadas no mundo atualmente. O procedimento consiste na remoção de grande parte do estômago, deixando o órgão com formato tubular e com volume entre 150 a 200ml, promovendo restrição alimentar, saciedade e diminuição do apetite. É uma técnica recomendada para pacientes nos extremos de idade, com IMC mais baixo (35 a 40) ou super-obesos (IMC>50), comedores de grande volume de alimentos ou para aqueles que têm necessidade de monitorização gástrica no pós-operatório. Veja um vídeo ilustrativo clicando aqui.

Vantagens do Sleeve

  • Pequeno índice de complicações
  • Baixo tempo cirúrgico
  • Sem anastomose e desabsorção intestinal

Desvantagem do Sleeve

Refluxo Gastro-Esofágico. Sintomas como azia e queimação podem surgir devido ao aumento da pressão no estômago. Pacientes com sinais e sintomas de refluxo devem evitar esse procedimento.

Cirurgia do Diabetes ou Metabólica

O diabetes tipo 2 é uma doença silenciosa que pode ter consequências graves para a saúde. A obesidade é considerada um dos maiores fatores de risco para desenvolver o diabetes tipo 2. A cirurgia do diabetes ou cirurgia metabólica, abre novas perspectivas para o tratamento de doenças associadas à obesidade. Aprovada pelo Conselho Federal de Medicina, a Cirurgia Metabólica é indicada para pacientes com IMC acima de 30 que não estejam conseguindo controlar a doença com o uso de medicamentos. Trata-se de um procedimento eficaz e seguro, mas o primeiro passo é a realização de uma consulta médica com um cirurgião bariátrico.

Os candidatos a cirurgia bariátrica devem ser submetidos a uma avaliação pré-operatória completa, com a realização de diversos exames laboratoriais, ecografia abdominal total, endoscopia digestiva alta, entre outros. Após os exames, o candidato é encaminhado para a avaliação com a equipe muldisciplinar, que compreende endocrinologista, nutróloga, nutricionista, psicólogo, entre outros especialistas. Esta avaliação é realizada por profissionais com vasta experiência no cuidado de pacientes com obesidade e tem o objetivo de preparar o paciente para o procedimento cirúrgico.

No pós-operatório, o paciente deverá manter um acompanhamento regular conforme o protocolo estabelecido pela equipe multidisciplinar, uma vez que a obesidade é uma doença crônica, exigindo cuidados por toda a vida. É importante lembrar que este acompanhamento previne possíveis alterações nutricionais e clínicas que podem surgir, evitando complicações como anemia, deficiência de vitaminas, entre outras.

Solicite um agendamento de consulta

Confirmaremos pelo seu telefone